26 de ago de 2016

SLIDES SOBRE CITOLOGIA

25 de ago de 2016

membrana plasmática parte 2

01. (FUVEST) Uma das extremidades de um tubo de vidro foi envolvida por uma membrana semipermeável e, em seu interior, foi colocada a solução A. Em seguida, mergulhou-se esse tubo num recipiente contendo a solução B, como mostra a Figura 1. Minutos depois, observou-se a elevação do nível da solução no interior do tubo de vidro (Figura 2).
01
O aumento do nível da solução no interior do tubo de vidro é equivalente:
a) À desidratação de invertebrados aquáticos, quando em ambientes hipotônicos.
b) Ao que acontece com as hemácias, quando colocadas em solução hipertônica.
c) Ao processo de pinocitose, que resulta na entrada de material numa ameba.
d) Ao processo de rompimento de células vegetais, quando em solução hipertônica.
e) Ao que acontece com as células-guarda e resulta na abertura dos estômatos.
02. (UEL) Analise as figuras a seguir.
02
As figuras I, II e III dizem respeito, respectivamente, à:
a) Deplasmólise; plasmólise; célula vegetal em meio isotônico.
b) Plasmólise; deplasmólise; célula vegetal em meio isotônico.
c) Célula vegetal em meio isotônico; plasmólise; deplasmólise.
d) Célula vegetal em meio isotônico; deplasmólise; plasmólise.
e) Deplasmólise; célula vegetal em meio isotônico; plasmólise.
03. (UFU) As hemácias são usadas para se entender e verificar o transporte de nutrientes através de membranas. A fim de demonstrar o processo de osmose, uma professora levou seus alunos ao laboratório e colocou algumas hemácias em três tubos de ensaio contendo uma solução de NaCl com diferentes concentrações. A seguir, está descrito o que ocorreu com as hemácias transcorrido um determinado tempo.
Tubo I: enrugadas.
Tubo II: normais.
Tubo III: rompidas.
A partir dessas informações, assinale a alternativa que expressa corretamente a concentração da solução de NaCl nos três tubos de ensaio.
a) Tubo I – solução hipotônica; Tubo II – solução isotônica; Tubo III – solução hipertônica.
b) Tubo I – solução hipertônica; Tubo II – solução isotônica; Tubo III – solução hipotônica.
c) Tubo I – solução hipertônica; Tubo II – solução hipotônica; Tubo III – solução isotônica.
d) Tubo I – solução hipotônica; Tubo II – solução hipertônica; Tubo III – solução isotônica.
04. (UECE) A membrana plasmática tem como principal função selecionar as substâncias e partículas que entram e saem das células. Para sua proteção, a maioria das células apresenta algum tipo de envoltório. Nos animais esse envoltório é denominado glicocálix e nos vegetais é denominado parede celulósica. Em relação às células animais, é correto afirmar-se que o glicocálix:
a) Compreende o conjunto de fibras e microvilosidades que revestem as células das mucosas.
b) É representado pelo arranjo de estruturas como interdigitações e desmossomos fundamentais à dinâmica celular.
c) É composto exclusivamente pelos lipídios e proteínas presentes nas membranas dessas células.
d) Pode ser comparado a uma manta, formada principalmente por carboidratos, que protege a célula contra agressões físicas e químicas do ambiente externo.
05. (UFT) As membranas biológicas são estruturas dinâmicas e desempenham suas funções vitais, permitindo que as células interajam umas com as outras e com as moléculas de seu ambiente. Sobre a membrana celular é incorreto afirmar que:
a) Apresenta uma constituição fundamentalmente lipoproteica, ou seja, formada por fosfolipídios e proteínas.
b) Na membrana plasmática, as proteínas inseridas na bicamada fosfolipídica, integrais ou periféricas, desempenham diferentes funções tais como o transporte de substâncias, recepção de sinais e reconhecimento celular.
c) Diferentes substâncias podem atravessar as membranas biológicas por transporte passivo, sem gasto energético, e por transporte ativo, com aporte energético.
d) A osmose é um caso especial de transporte passivo, onde o soluto se difunde através da membrana semipermeável das células se deslocando de um meio hipertônico para um meio hipotônico.
e) É por meio da exocitose que certos tipos de células eliminam os restos da digestão intracelular.
06. (CEFET-MG) A figura abaixo mostra a ultramicroscopia de células sanguíneas.
06
A única molécula não encontrada na membrana plasmática dessas células é a(o):
a) Proteína.
b) Colesterol.
c) Fosfolipídio.
d) Glicoproteína.
e) Ácido nucleico.
07. (UDESC) Assinale a alternativa correta quanto aos mecanismos de transporte de substâncias pela membrana da célula.
a) A difusão facilitada é a passagem de substâncias não lipossolúveis pela membrana da célula com auxílio de proteínas.
b) Moléculas muito pequenas e apolares (gás carbônico e oxigênio) não passam através da membrana plasmática.
c) O movimento de substâncias no transporte ativo ocorre de onde estão mais concentradas de soluto para onde estão menos concentradas e é realizado com gasto de energia.
d) Na osmose ocorre a passagem de solvente da solução mais concentrada para a menos concentrada de soluto.
e) A glicose é uma molécula grande e polar que atravessa diretamente a membrana plasmática, ou seja, por difusão simples.
08.  (UFT) A membrana plasmática ou celular é considerada uma das “barreiras” que separa o meio intracelular do extracelular e também é responsável pelo controle de todas as substâncias ou partículas que entram ou saem da célula. A respeito da Membrana Plasmática é incorreto afirmar:
a) As membranas plasmáticas apresentam constituição lipoproteica.
b) A membrana plasmática permite a passagem livre de água e pequenas moléculas e dificulta ou impede a passagem de moléculas grandes.
c) As trocas que ocorrem entre o meio intracelular e extracelular podem ser classificadas como: transporte ativo, transporte passivo, endocitose e exocitose.
d) As células vivas são delimitadas por membrana plasmática e estão sujeitas a sofrerem osmose, caracterizada pela passagem de soluto de uma região de menor concentração para a de maior concentração.
e) A fagocitose é um processo pelo qual uma célula engloba partículas grandes, sendo que em protozoários tem a função de alimentação.
09. (UFMS) A membrana plasmática da célula desempenha diversas funções, apresentando importantes especializações além de capacidade seletiva. Em relação à membrana plasmática, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).
I   II
0 0 – Estruturas lipídicas, ligadas à membrana citoplasmática com função de redução da coesão entre as células, são denominadas desmossomos.
1  1 – Hemácias humanas, mergulhadas em meio hipotônico, apresentam redução de volume.
2  2 – Osmose é a passagem de soluto de um meio hipertônico para um meio hipotônico por uma membrana permeável.
3 3 – As microvilosidades são especializações da membrana plasmática que aumentam a superfície de absorção celular, a exemplo das células de revestimento da mucosa intestinal.
4 4 – Na difusão facilitada, ocorre a passagem de soluto sem “gasto” de energia pela membrana, do meio mais concentrado para o menos concentrado com o auxílio de permeases presentes na membrana plasmática.
10. (FCMS-SP) Medindo-se os componentes osmóticos de uma célula vegetal, a PT (pressão de turgor) ou M (resistência da membrana) mostrou um valor igual a 19,7 atm e a PO (pressão osmótica do vacúolo) ou Si (sucção interna) mostrou um valor idêntico. Com base nesses dados, podemos afirmar que:
I   II
0  0 – A célula em questão está túrgida.
1  1 – A célula em questão  apresenta um  valor de DPD  (ou Sc) igual a 1 (um).
2  2 – A célula em questão está a caminho de uma plasmólise.
3  3 – Para que o valor de PT passe a zero é necessário  colocar a célula em  um meio de concentração maior do que a do seu suco vacuolar, no momento em que foram feitas as medidas.
4  4 – Para que o valor de  PT passe a zero é  necessário deslocar  a célula  do ambiente em que estava, quando foram feitas  as medidas (qualquer  que seja este ambiente) para um outro ambiente saturado de vapor d¢água.
11. (PUC-CAMPINAS) Os lipídios apresentam uma variedade de funções no organismo. Entre eles os fosfolipídios são moléculas essenciais para o funcionamento normal das células porque:
a) Facilitam o transporte passivo nas membranas.
b) São os principais componentes das membranas.
c) São importantes constituintes da bomba sódio-potássio.
d) São os receptores específicos de hormônios das células.
e) Facilitam o transporte ativo nas membranas.
12. (UCPel) As moléculas, para penetrarem e saírem das células, vencem obstáculos e atravessam membranas. Uma molécula para ir do interior de um cloroplasto para o interior de uma mitocôndria, atravessaria _________ membrana(s); para sair do interior do complexo Golgiense e ir para fora da célula atravessaria _______ membrana(s) e para sair de um ribossomo para outro atravessaria _______ membrana(s). A resposta correta é:
a) 4, 2 e 0.
b) 0, 2 e 4.
c) 3, 2 e 1.
d) 0, 4 e 2.
e) 2, 3 e 1.
13. (CEFET-CE) Processo no qual uma célula vegetal, quando colocada em solução hipertônica, perde muita água, o que provoca desligamento entre a membrana plasmática e a parede celular:
a) Desplasmólise.
b) Hemólise.
c) Plasmoptise.
d) Plasmólise.
14. (UPE) A vida originou-se como uma célula simples na Terra primitiva, há, aproximadamente, 3,8 bilhões de anos. No momento em que a primeira célula ganha uma membrana plasmática, a identidade celular é estabelecida. Presente em todos os tipos celulares atuais, à membrana plasmática compete algumas funções. Em relação à passagem de substâncias do meio externo para dentro da célula, a membrana tem permeabilidade:
a) À água, apenas.
b) A substâncias orgânicas, apenas.
c) Somente à água e a sais minerais.
d) A todas as substâncias.
e) Seletiva.
15. (UEA) A digestão intracelular é precedida da ingestão de partículas alimentares que, depois, são digeridas no interior do vacúolo digestivo. A ingestão de tais partículas alimentares resulta de um processo de:
a) Difusão.
b) Osmose.
c) Transporte ativo.
d) Clasmocitose.
e) Fagocitose.
16. (UFAC) As algas são organismos que não apresentam vasos condutores de seiva. Portanto o transporte de substâncias é realizado através de:
a) Fagocitose.
b) Pinocitose.
c) Difusão.
d) Exocitose.
17. (UEL) Considere os seguintes componentes químicos:
I. Lipídios.
II. Açúcares.
III. Proteínas.
IV. Ácidos nucleicos.
Assinale a alternativa que identifica corretamente os componentes básicos de cada estrutura considerada.
1. MEMBRANA PLASMÁTICA
2. PAREDE CELULAR
a) (1) I e II, (2) III e IV.
b) (1) I e III, (2) II.
c) (1) I e IV, (2) II.
d) (1) II, (2) II e III.
e) (1) III, (2) I e III.
18. (UMC-SP) Medidas feitas em uma célula nervosa mostraram significativas variações na concentração dos íons sódio no interior e no exterior da célula. Essa diferença é mantida à custa do transporte ativo de íons através da membrana. Essa célula foi, então, tratada com uma determinada substância, que fez com que a concentração intracelular e a extracelular se igualassem, após alguns minutos. Essa substância é provavelmente:
a) Um inibidor de transcrição.
b) Um inibidor de mitose.
c) Um inibidor de tradução.
d) Um inibidor de cadeia respiratória.
e) Um inibidor de crescimento celular.
19. Sobre a fagocitose, é incorreto afirmar que:
a) É uma forma de obtenção de alimento para certas células.
b) Consiste no englobamento de partículas líquidas.
c) O material capturado nesse processo transforma-se nos fagossomos.
d) Constitui-se numa forma de defesa do organismo.
e) O fenômeno da digestão do material englobado inicia-se com a formação dos vacúolos digestivos.
20. (UNIFOR) Cada esquema a seguir representa uma célula vegetal antes e depois de ter sido mergulhada em uma solução.
20
Com base no esquema, é correto afirmar que, em relação ao suco vacuolar, as soluções I e II são, respectivamente:
a) Hipertônica e hipotônica.
b) Hipertônica e isotônica.
c) Isotônica e hipotônica.
d) Hipotônica e isotônica.
e) Hipotônica e hipertônica.
21. (UFAL) A capacidade de eliminação de substâncias processadas no interior da célula através de vesículas que se aproximam da membrana plasmática e se abrem, expurgando seu conteúdo para o exterior, denomina-se:
a) Osmose.
b) Clasmocitose.
c) Transporte ativo.
d) Endomitose.
e) Fagocitose.
22. (FEMPAR) Nas membranas das células do tecido epitelial, encontramos especializações, ricas em substâncias adesivas e fios de proteínas, que aumentam muito a aderência entre as células; e em certas células que revestem o intestino, encontramos outras especializações de membranas que aumentam a superfície de absorção dos alimentos. Estas descrições referem-se, respectivamente, aos seguintes tipos de especializações:
a) Plasmodesmos e glicocálix.
b) Desmossomos e microvilosidades.
c) Invaginações e desmossomos.
d) Glicocálix e microvilosidades.
e) Microvilosidades e plasmodesmos.
23. (UEL) Uma alga marinha unicelular é transferida para água de lago. Embora não possa sobreviver nesse meio, num primeiro momento ela “tentará” entrar em equilíbrio com ele:
a) Formando vacúolos contráteis.
b) Perdendo água.
c) Absorvendo água.
d) Sofrendo hemólise.
e) Entrando em plasmólise.
24. (UFPA) Em certas condições, uma célula vegetal pode sofrer o fenômeno da plasmólise. Isso acontece porque:
a) Em meio hipotônico, a célula perde água.
b) Em meio hipertônico, a célula absorve água.
c) Em meio hipotônico, a célula absorve água.
d) Em meio hipertônico, a célula perde água.
e) Em meio isotônico, a célula perde eletrólitos.
25. (PUC-SP) Uma célula vegetal colocada em um meio A sofreu plasmólise e em um meio B sofreu desplasmólise. Pode-se dizer que, em relação à concentração do suco celular, os meios A e B são, respectivamente:
a) Hipotônico e hipertônico.
b) Hipertônico e hipotônico.
c) Isotônico e hipotônico.
d) Hipertônico e hipertônico.
e) Hipotônico e isotônico.
26. (UNIFOR) Quando hemácias são deixadas em água destilada, elas:
a) Murcham levemente.
b) Não alteram seu volume.
c) Murcham completamente.
d) Incham até estourar.
e) Incham levemente.
27. (UVA-CE) A membrana plasmática é um complexo lipoproteico, seletivo, que possibilita as diferentes concentrações e trocas iônicas entre os meios intra e extracelular. É correto afirmar:
a) Lipossolubilidade e gradiente de concentração são fatores inerentes ao transporte passivo.
b) Na difusão simples quanto maior a molécula do soluto mais rápido será seu transporte pela membrana.
c) A concentração de soluto determina o fenômeno osmótico pela maior permeabilidade da membrana.
d) Na difusão simples a taxa de transporte pela membrana corresponde à mesma taxa comparada à difusão facilitada.
28. Existem estruturas da membrana plasmática que permitem que células vizinhas fiquem bem aderidas uma à outra. Essas estruturas são denominadas.
a) Desmossomos.
b) Microvilosidades.
c) Cílios.
d) Centríolos.
e) Plasmalemas.
29. (COVEST) Considerando os diferentes processos de passagem através da membrana plasmática, analise as proposições seguintes.
I   II
0  0 – Fagocitose é um tipo de endocitose onde ocorre o englobamento de partículas sólidas. Nos protozoários, serve para obtenção de alimentos; em nosso organismo, está envolvida nos mecanismos de defesa.
1 1 – Transporte ativo utiliza proteínas presentes nas membranas que agem como transportadoras de moléculas, tais como a glicose.
2  2 – Osmose é a passagem de moléculas de água através da membrana, do meio mais concentrado para o menos concentrado, garantindo, assim, o equilíbrio osmótico entre diferentes compartimentos do organismo.
3  3 – Difusão facilitada envolve um sistema enzimático complexo que necessita de gasto de energia, pois atua contra um gradiente de concentração.
4  4 – Exocitose permite que substâncias inúteis à célula sejam eliminadas com o auxílio dos centríolos.
30. (UESPI) Quando se faz o salgamento de carnes, sabe-se que os microrganismos que “tentarem” se instalar morrerão por desidratação. Conclui-se assim, que em relação ao citoplasma dos microrganismos, essas carnes constituem um meio:
a) Isotônico.
b) Hipotônico.
c) Hipertônico.
d) Lipídico.
e) Plasmolisado.
31. (UEPA) “A E. histolytica é o agente etiológico da amebíase, importante problema de saúde pública que leva ao óbito anualmente cerca de 100.000 pessoas. (…) Os trofozoitos da E. histolytica vivem, normalmente, à luz do intestino grosso podendo, ocasionalmente, penetrar na mucosa e produzir ulcerações intestinais ou em outras regiões do organismo, como o fígado, pulmão, rim e, mais raramente no cérebro. (…) A locomoção se dá através de pseudópodes e a ingestão de alimento pela …… de partículas sólidas tais como hemácias, bactérias ou restos celulares, bem como por …… ou seja, a ingestão de partículas líquidas.”
(Adaptado de: Neves, D. P. Parasitologia Humana. São Paulo: Atheneu, 2002)
As opções que completam o texto acima, preenchendo corretamente as lacunas são, respectivamente:
a) Pinocitose e clasmocitose.
b) Pinocitose e fagocitose.
c) Clasmocitose e fagocitose.
d) Fagocitose e pinocitose.
e) Difusão e osmose.
32. (UNIFOR) “O meio iônico intracelular, isto é, a composição de íons e água no interior das células, é completamente diferente do meio extracelular. Por exemplo: o íon sódio (Na+) é cerca de 14 vezes mais abundante no meio extracelular do que dentro da célula. Com o íon potássio (K+), dá-se o inverso: é cerca de 56 vezes mais abundante no espaço intracelular do que fora da célula. O íon cálcio (Ca++), por sua vez, é cerca de 50.000 vezes mais concentrado numa fibra muscular que no meio extracelular que a rodeia”.
(Ciência hoje. v.4, n. 21)
As diferenças de concentração dos íons K+ e Ca++ nos meios intracelular e extracelular é mantida por:
a) Endocitose.
b) Osmose.
c) Difusão simples.
d) Difusão facilitada.
e) Transporte ativo.
33. (FAAP-SP) Alguns protozoários de água doce apresentam uma concentração de solutos em seu interior muito maior que do meio exterior. Devido a essa concentração maior, a água entra com muita facilidade para o interior da célula desses protozoários. Com a entrada constante de água para a célula, esperava-se que os protozoários arrebentassem as suas membranas. Isso não ocorre devido a:
a) Resistência da membrana plasmática dos protozoários, que apresenta dupla camada lipídica.
b) Presença de vacúolos pulsáteis ou contráteis que bombeiam o excesso de água constantemente para fora da célula.
c) Presença de solutos que se combinam com a água, reduzindo o volume do citoplasma.
d) Presença de proteínas controladoras que não permitem a entrada de água em excesso.
e) Presença de parede celular típica dos vegetais superiores.
34. (UFMG) Um estudante colocou na geladeira folhas de três verduras: alface, cebolinha e couve. Após uma semana, verificou que o grau de murchamento da alface era maior que o da cebolinha e o da couve. A alternativa que não apresenta uma explicação provável para esse fato é a:
a) Diferença da área foliar das verduras utilizadas.
b) Diferença de espessura da cutícula da folha de cada verdura.
c) Quantidade diferente de clorofila nas folhas das verduras utilizadas.
d) Diferença de concentração de sal em cada tipo de verdura.
35. (PUC-MG) Uma característica das células vivas é a sua habilidade de regular o que entra e sai de seu citoplasma. Assinale a afirmativa incorreta.
a) Essa é a função da membrana plasmática, que é composta de uma bicamada lipídica associada a proteínas.
b) A membrana sem proteína tem a sua permeabilidade restringida a uns poucos solutos.
c) A membrana plasmática realiza transporte ativo “gastando” energia e contrariando o gradiente de concentração.
d) A permeabilidade da membrana plasmática a solutos pode ser observada apenas em células eucariotas animais.
36. (PUC-RIO) Em relação aos envoltórios celulares, podemos afirmar que:
a) Todas as células dos seres vivos têm parede celular.
b) Somente as células vegetais têm membrana celular.
c) Somente as células animais têm parede celular.
d) Todas as células dos seres vivos têm membrana celular.
e) Os fungos e bactérias não têm parede celular.
37. (UNIFOR) Através da membrana viva que separa o meio intracelular do meio extracelular, ocorrem os seguintes transportes:
I. Moléculas de água passam do meio menos concentrado para o meio mais concentrado.
II. Moléculas de O2 e de CO2 entram ou saem da célula, obedecendo ao gradiente de concentração.
III. Íons K+ e íons Na+ movimentam-se contra o gradiente de concentração, fazendo com que a concentração de K+ seja maior no interior da célula e a de Na+ seja maior no meio extracelular.
Os movimento I, II e III devem-se, respectivamente, à:
a) Osmose, difusão, transporte ativo.
b) Osmose, difusão, difusão facilitada.
c) Osmose, osmose, difusão facilitada.
d) Difusão, difusão facilitada, transporte ativo.
e) Difusão, transporte ativo, transporte ativo.
38. (PUC-MG) Observe o desenho a seguir, referente ao esquema ultra-estrutural da membrana celular. A natureza química dos componentes 1, 2 e 3, respectivamente, é:
38
a) Lípides, proteínas e proteínas.
b) Proteínas, lípides e proteínas.
c) Proteínas, proteínas e lípides.
d) Lípides, lípides e proteínas.
e) Proteínas, lípides e lípides.
39. (USF-SP) A tetrodotoxina (TTX) é um veneno extraído do peixe baiacu, considerado no Japão como uma delícia culinária. Essa substância liga-se fortemente aos canais de Na+ situados na membrana do axônio, bloqueando sua função. A ação do veneno pode levar o indivíduo à morte por paralisia respiratória porque:
a) Aumenta a positividade interna do axônio pelo bloqueio do fluxo de Na+.
b) Aumenta, nas sinapses, a liberação de neurotransmissores, determinando a fadiga muscular.
c) Inibe o fluxo de Na+ para o interior do axônio, impedindo que se estabeleça o impulso nervoso.
d) Favorece a entrada de K+, diminuído a positividade interna do neurônio.
e) Intensifica o uso da bomba de sódio e potássio, exigindo maior gasto de ATP.
40. (UFPEL) Sabe-se que, para as células exercerem suas funções, é necessário haver um controle da concentração interna de água e íons. Em 2003, o prêmio Nobel de química foi justamente para dois médicos norte-americanos que estudaram de que forma a água é transportada através da membrana celular de alguns tipos de tecidos, como o epitélio das glândulas lacrimais. Eles descobriram proteínas (aquaporinas), ao nível da membrana plasmática, que formam poros passivos para a água se movimentar. O sentido do movimento é dado pelo gradiente osmótico e a seleção das moléculas de água é feita pelo seu tamanho e carga elétrica.
Ciência Hoje, no 200, 2003 (adaptação.)
40
Com base no texto e nos seus conhecimentos, assinale a alternativa incorreta.
a) O processo de difusão de moléculas, representado nas figuras, é chamado de osmose. Em células vegetais, na condição 2, ocorre a plasmólise.
b) Uma das formas de diferenciar o transporte ativo do passivo é quanto ao “gasto” de energia (ATP) e direção do transporte (contra ou a favor do gradiente eletroquímico).
c) Células animais e vegetais, na condição 1, absorvem água, por isso “incham”, o que pode levar ao rompimento celular.
d) Na difusão facilitada, um tipo de transporte passivo, as proteínas de membrana transportam substâncias do meio mais concentrado para o menos concentrado.
e) Baseado nas figuras, pode-se considerar que, na condição 1, o meio é hipotônico e, na condição 2, é hipertônico em relação à célula.
41. (UFAC) Estudos experimentais realizados com membranas celulares possibilitaram a descoberta de uma grande variedade de proteínas. Algumas dessas proteínas se organizam na membrana plasmática para formarem poros ou canais, os quais possibilitam a livre passagem de certas moléculas e íons, por tal membrana. O impedimento da formação de tais canais específicos para o trânsito de determinados íons pode se refletir como uma doença hereditária. No caso da fibrose cística, indique em qual das alternativas consta o íon que está impedido de transitar pela membrana plasmática.
a) Sódio.
b) Potássio.
c) Cloro.
d) Gás carbônico.
e) Gás oxigênio.
42. (PUC-SP) Uma célula vegetal flácida foi colocada em um determinado meio e adquiriu o aspecto mostrado abaixo:
42
A célula está:
a) Túrgida e foi colocada em meio hipotônico.
b) Túrgida e foi colocada em meio hipertônico.
c) Plasmolisada e foi colocada em meio hipotônico.
d) Plasmolisada e foi colocada em meio hipertônico.
e) Murcha e foi colocada em meio hipotônico.
43. (UFPR) A seguir, pode-se observar a representação esquemática de uma membrana plasmática celular e de um gradiente de concentração de uma pequena molécula “X” ao longo dessa membrana.
43
Com base nesse esquema, considere as seguintes afirmativas:
I. A molécula “X” pode se movimentar por difusão simples, através dos lipídios, caso seja uma molécula apolar.
II. A difusão facilitada da molécula “X” acontece quando ela atravessa a membrana com o auxílio de proteínas carreadoras, que a conduzem contra seu gradiente de concentração.
III. Se a molécula “X” for um íon, ela poderá atravessar a membrana com o auxílio de uma proteína carreadora.
IV. O transporte ativo da molécula “X” ocorre do meio extracelular para o citoplasma.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.
e) Somente a afirmativa III é verdadeira.
44. (VALE DO IPOJUCA) Quando temperamos uma salada de alface com um molho caseiro, composto de sal, limão e azeite, após algum temo, o alface fica murcho. Isso acontece porque estamos submetendo as células da alface a:
a) Um meio isotônico.
b) Um meio hipertônico.
c) Um meio hipotônico.
d) Uma reação de fagocitose.
e) Uma reação de clasmocitose.
45. (FUVEST) Medidas da concentração de íons de sódio (Na+) e de potássio (K+), dentro e fora dos neurônios gigantes de lula, revelaram:
ÍON
CONCENTRAÇÃO CITOPLASMÁTICA
CONCENTRAÇÃO NO MEIO EXTRACELULAR
Na+
50
440
K+
400
20
 Se os neurônios são expostos a um bloqueador respiratório, como o cianeto, a concentração de sódio rapidamente se iguala dentro e fora da célula, o mesmo ocorrendo com o potássio. Em condições normais, qual o mecanismo responsável pela manutenção da diferença entre as concentrações iônicas dentro e fora do neurônio?
a) Difusão, pelo qual, íons podem atravessar a membrana espontaneamente.
b) Osmose, pelo qual, apenas a água atravessa a membrana espontaneamente.
c) Transporte ativo, pelo qual, íons atravessam a membrana com “gasto” de energia.
d) Fagocitose, pelo qual, a célula captura partículas sólidas.
e) Pinocitose, pelo qual, a célula captura gotículas.
46. (FATEC-SP) Os esquemas abaixo representam células nas quais há passagem de substâncias através de suas membranas:
46
Os fenômenos representados em A, B e C são, respectivamente:
a) Fagocitose, pinocitose e transporte ativo.
b) Pinocitose, difusão e transporte ativo.
c) Difusão, transporte ativo e osmose.
d) Osmose, transporte ativo e difusão.
e) Pinocitose, fagocitose e difusão.
47. (UECE) Considerando-se uma solução de NaCl a 0,9% isotônica para hemácias humanas, quando essas hemácias forem colocadas em solução hipertônica de NaCl a 1,1%, espera-se:
a) Nenhuma modificação da forma e volume das células.
b) Um pequeno aumento no volume das hemácias.
c) Um rompimento (hemólise) de todas as células.
d) Uma redução no volume das células.
e) Nenhuma das alternativas anteriores.
48. (COVEST) Medindo-se a concentração de dois importantes íons, Na+ e K+, observa-se maior concentração de íons Na+ no meio extracelular do que no meio intracelular. O contrário acontece com os íons K+. Íons de Na+ são capturados do citoplasma para o meio extracelular, e íons de potássio (K+) são capturados do meio extracelular para o meio intracelular, como mostrado na figura abaixo. Este processo é conhecido como:
48
a) Difusão facilitada por permeases intracelulares.
b) Osmose em meio hipertônico.
c) Difusão simples.
d) transporte ativo.
e) Transporte por poros da membrana plasmática.
49. (COVEST) Analise as alternativas abaixo, relacionadas à especialização da membrana plasmática, e assinale as corretas e incorretas.
I   II
0  0 – Pseudópodes  são expansões  citoplasmáticas que  se formam na  superfície externa de certas células, através das quais a célula pode englobar e incorporar grandes moléculas  sólidas,  materiais estranhos e bactérias, que posteriormente serão digeridos.
1  1 – Quando uma célula precisa se descartar de uma estrutura, ela engloba essa estrutura, formando  um vacúolo  autofágico,  dentro  do  qual ocorrerá digestão graças à ação de enzimas lisossômica.
2  2 – Microvilosidades   são  prolongamentos   da   membrana   plasmática    de determinadas células e têm a finalidade de aumentar a superfície livre da célula e, consequentemente, a sua capacidade de absorção.
3  3 – Os desmossomos  são frequentes  em células epiteliais e reforçam a  união dessas células entre si.
4  4 – Tanto em células animais, quanto em células vegetais é comum encontrar-se interrupções na membrana, denominadas plasmodesmos, que funcionam como verdadeiras pontes citoplasmáticas, possibilitando a comunicação entre os citoplasmas de células contíguas.
50. Observe os esquemas abaixo.
50
Baseado neles e nos seus conhecimentos, marque a alternativa correta.
a) A seta 1 assinala uma proteína periférica da membrana celular que atua permitindo a passagem de certos íons, para o meio intracelular.
b) A seta 2 mostra uma proteína integral não transmembrana, que funciona como carreadora, ou seja, ligam-se seletivamente a pequenas moléculas (glicose, aminoácidos) e depois sofrem alterações conformacionais.
c) A proteína da alternativa anterior funciona como uma enzima facilitadora da passagem de moléculas específicas através da membrana, em processo de antiporte, simporte ou uniporte.
d) A seta 1 indica uma proteína de canal (multipasso), formando poros hidrofílicos através dos quais, alguns íons de tamanho apropriado (Na+, K+) e a água podem atravessar a membrana.
e) A seta 1 assinala uma lipoproteína da membrana celular que atua como um canal, permitindo a passagem de certos íons para o meio intracelular.

GABARITO

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
E
C
B
D
D
E
A
D
FFFVV
VFFVF
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
B
A
D
E
E
C
B
D
C
E
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
B
B
C
D
B
D
A
A
VFFFF
C
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
D
E
B
C
D
D
A
D
C
C
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
C
A
C
B
C
D
D
D
VVVVF
C

membrana plasmática - parte 1

01. (UNESP) Três amostras de hemácias, A, B e C, foram isoladas do sangue de uma mesma pessoa e colocadas em soluções com diferentes concentrações de sal. A figura apresenta as hemácias vistas ao microscópio quando colocadas nas diferentes soluções. Na linha inferior, representação esquemática das células da linha superior. As setas indicam a movimentação de água através da membrana.
01
Pode-se afirmar que, depois de realizado o experimento,
a) a concentração osmótica no interior da célula A é maior que a concentração osmótica no interior da célula B.
b) a concentração osmótica no interior da célula C é maior que a concentração osmótica no interior da célula B.
c) a concentração osmótica no interior das três células é a mesma, assim como também o era antes de terem sido colocadas nas respectivas soluções.
d) a concentração osmótica no interior das três células não é a mesma, assim como também não o era antes de terem sido colocadas nas respectivas soluções.
e) se as células A e B forem colocadas na solução na qual foi colocada a célula C, as três células apresentarão a mesma concentração osmótica.
02. (UFPB) A figura a seguir mostra uma célula eucariótica, com destaque para alguns mecanismos de transporte através de membranas biológicas.
02
Considerando os mecanismos de transporte de substâncias através da membrana, indicados na figura por 1, 2, 3, 4 e 5, bem como sua energética, identifique as afirmativas corretas:
I    II
0   0 – O mecanismo 1 mostra o transporte de água através de osmose, feito sem gasto de energia pela célula.
1  1 – O mecanismo 2 mostra o transporte de moléculas polares através do processo de difusão facilitada, feito sem gasto de energia pela célula.
2  2 – O mecanismo 3 mostra o transporte de íons contra gradientes de concentração, feito por proteínas carreadoras que atuam no bombeamento ativo de íons com consumo elevado de energia.
3  3 – O mecanismo 4 mostra o transporte de proteínas processadas do complexo golgiense para o meio extracelular, feito por vesículas que se desprendem desse compartimento e se fundem à membrana citoplasmática. Esse processo denominado de exocitose independe do gasto de energia pela célula.
4  4 – O mecanismo 5 mostra o transporte de substâncias através dos poros nucleares, feito ativamente por proteínas do poro.
03. (UFAL) Certas pessoas são diabéticas porque possuem células que, em suas membranas plasmáticas, apresentam proteínas que dificultam a passagem de insulina em quantidade suficiente. Outro caso que evidencia a importância de certas proteínas de membrana plasmática está relacionado à rejeição de órgãos: células do sangue do receptor atacam o órgão implantado, uma vez que as proteínas das membranas celulares do doador são estranhas ao organismo do receptor. A diabetes e a rejeição de órgãos apresentadas por essas pessoas devem estar relacionadas com duas das proteínas de membrana, ilustradas na figura abaixo, a saber:
03
a) Proteínas carregadoras, tanto para a diabetes quanto para a rejeição de órgãos.
b) Proteínas de reconhecimento, tanto para a diabetes quanto para a rejeição de órgãos.
c) Proteínas carregadoras, para a diabetes, e proteínas receptoras para a rejeição de órgãos.
d) Proteínas receptoras, para a diabetes, e proteínas de reconhecimento para a rejeição de órgãos.
e) Proteína de reconhecimento, para a diabetes, e proteínas carregadoras para a rejeição de órgãos.
04. (UNESP) Devido à sua composição química – a membrana é formada por lipídios e proteínas – ela é permeável a muitas substâncias de natureza semelhante. Alguns íons também entram e saem da membrana com facilidade, devido ao seu tamanho. … No entanto, certas moléculas grandes precisam de uma ajudinha extra para entrar na célula. Essa ajudinha envolve uma espécie de porteiro, que examina o que está fora e o ajuda a entrar.
(Solange Soares de Camargo, in Biologia, Ensino Médio. 1.ª série, volume 1, SEE/SP, 2009.)
No texto, e na ordem em que aparece, a autora se refere
a) ao modelo mosaico-fluído da membrana plasmática, à difusão e ao transporte ativo.
b) ao modelo mosaico-fluído da membrana plasmática, à osmose e ao transporte passivo.
c) à permeabilidade seletiva da membrana plasmática, ao transporte ativo e ao transporte passivo.
d) aos poros da membrana plasmática, à osmose e à difusão facilitada.
e) aos poros da membrana plasmática, à difusão e à permeabilidade seletiva da membrana.
05. (UNIFAL-MG) As membranas biológicas são fundamentais na estrutura e funcionamento das células. São constituídas por lipídios e proteínas e, em algumas membranas, outros compostos como colesterol e carboidratos podem fazer parte de sua estrutura. Nas células animais, os carboidratos fazem parte do glicocálix, onde exercem uma importante função. Das alternativas relacionadas abaixo, assinale aquela que apresenta uma função atribuída aos carboidratos:
a) Permitem que uma célula reconheça outra e possa interagir com ela.
b) Constituem canais que permitem a passagem de uma grande quantidade de íons.
c) Permitem a ligação com certos componentes do citoesqueleto.
d) Participam do transporte de determinadas moléculas, transportando-as através da membrana.
06. (UFERSA) Avalie a figura da membrana plasmática, abaixo reproduzida, e responda ao que se pede.
06
Um ambiente hidrofílico é encontrado
a) apenas em A e em B.
b) apenas em A e em C.
c) apenas em B e em C.
d) em A, em B e em C.
07. (UNIVASF) Quando é medida, em uma célula viva, a concentração de íons sódio (Na+) e potássio (K+), observa-se maior concentração de íons Na+ no líquido extracelular, enquanto que, no meio intracelular, há maior concentração de íons K+, como ilustrado na figura. Com relação a esse assunto, assinale a alternativa incorreta.
07
a) Os íons Na+ e K+ atravessam normalmente a membrana celular pelo processo de difusão facilitada.
b) Se não houvesse um processo ativo capaz de manter uma diferença, os íons Na+ e K+ tenderiam a igualar suas concentrações.
c) Bomba de sódio-potássio é a denominação dada ao processo ativo que permite a manutenção da concentração diferencial desses dois íons.
d) O transporte de íons Na+ para fora da célula e o de K+ para dentro da célula são realizados por uma proteína de transporte, com gasto de energia.
e) Os íons Na+ que penetram, normalmente, na célula por transporte ativo são levados para o meio extracelular por difusão.
08. (UFPI) Observe o esquema representativo da membrana plasmática de uma célula eucariótica e marque a alternativa com informações corretas sobre o modelo mosaico fluido.
08
a) O mosaico fluido é descrito como uma bicamada de fosfolipídios (1), na qual as proteínas integrais (4) da membrana atravessam a bicamada lipídica. Os oligossacarídeos (2) estão fixados à superfície somente às proteínas, e o colesterol (5) age somente diminuindo a fluidez da membrana, de forma independente da sua composição em ácidos graxos.
b) As proteínas da membrana (3) estão incrustadas na dupla lâmina de colesterol, aderidas ou atravessando a membrana de lado a lado, como as proteínas transportadoras (4), que facilitam o transporte por difusão facilitada.
c) Os fosfolipídios (1) e os oligossacarídeos (2) que constituam o glicocálix estão associados às proteínas. As proteínas integrais (3) têm regiões polares que penetram na bicamada fosfoliídica, ao contrário das periféricas (4) que apresentam regiões apolares. O colesterol (5) pode somente aumentar a fluidez da membrana, não dependendo de outros fatores como a composição dos ácidos graxos.
d) Os fosfolipídios (1) conferem dinamismo às membranas biológicas e os oligossacarídeos (2) que constituem o glicocálix podem estar associados aos lipídios ou às proteínas. As proteínas integrais (3) têm regiões hidrofóbicas que penetram na bicamada fosfolipídica, ao contrário das periféricas (4) que apresentam regiões polares. O colesterol (5) pode aumentar ou diminuir a fluidez da membrana, dependendo de outros fatores como a composição dos ácidos graxos.
e) As proteínas da membrana estão incrustadas na dupla lâmina de fosfolipídios, aderidas (1) ou atravessando a membrana de lado a lado, como as proteínas periféricas (4), que facilitam o transporte por difusão facilitada. O colesterol (5) não interfere na fluidez da membrana, dependendo de outros fatores, como a composição dos ácidos graxos.
09. (UFPI) Quando as hemácias são colocadas em solução de cloreto de sódio a 9%, elas murcham, porém, quando são colocadas nessa mesma solução a uma concentração de 0,1%, hemolisam. Isso ocorre porque essas soluções, em relação às hemácias, são, respectivamente
a) isotônica; hipertônica.
b) hipotônica; isotônica.
c) hipertônica; isotônica.
d) hipertônica; hipotônica.
e) hipotônica e hipertônica.
10. (IFSUL) No citoplasma das células vegetais, existe uma organela denominada vacúolo. Dentro do vacúolo, o qual ocupa grande parte do citoplasma celular, existe solução aquosa com uma concentração semelhante à do restante do citoplasma e de extrema importância nos processos osmóticos celulares. Se tirarmos uma célula vegetal de um meio isotônico e a colocarmos em um meio hipertônico, esta célula sofrerá:
a) turgescência.
b) plasmólise.
c) flacidez.
d) crenagem
11. (UEPG) No que respeita ao fenômeno da osmose, assinale a alternativa correta.
a) A osmose é a difusão da água através de uma membrana permeável, do local de maior concentração de água para o local de menor concentração. O tamanho dos poros dessa membrana permite a passagem das moléculas de água e de soluto.
b) Uma solução será isotônica conforme desenvolva, respectivamente, maior ou menor força osmótica do que as soluções a ela comparadas.
c) A membrana plasmática é uma membrana semipermeável perfeita, já que ela não admite a passagem de soluto e, portanto, ocorre osmose através dela.
d) Diz-se que uma solução é hipotônica em relação a outra quando ambas desenvolvem iguais valores de força osmótica. Isso ocorre quando suas concentrações, em partículas e soluto, são as mesmas.
e) Osmose trata-se da passagem de água do local de menor concentração de soluto (que é, justamente, o mais concentrado em água) para o local de maior concentração de soluto (que é o menos concentrado em água).
12. (UEPG) As células, independente de revestirem o corpo ou comporem tecidos mais internos, precisam trocar constantemente matéria com o meio externo, e essa troca está sempre relacionada com as propriedades da membrana plasmática, estrutura que as delimita. A respeito do revestimento celular, assinale o que for correto.
I   II
0  0 – Apresentam parede celular as células de plantas, de certos protistas, de fungos e da maioria dos procariontes.
1  1 – As células procarióticas apresentam parede celular formada por peptidoglicano, uma substância constituída pela associação de um carboidrato com um protídio.
2  2 – A parede celular dos protistas que a apresentam tem composição química que varia muito entre os diferentes grupos, sendo em alguns formada basicamente por celulose e em outros, por sílica. Em todos os casos a parede é permeável.
3  3 – A parede celular da maioria dos fungos é constituída principalmente de quitina.
4  4 – A parede celular pode sofrer impregnações que diminuem sua permeabilidade e aumentam sua resistência mecânica. A impregnação de lignina impermeabiliza a célula, que acaba morrendo.
13. (UPE) As proteínas da membrana plasmática exercem várias funções, agem como transportadoras, receptoras, dentre outras. Na coluna I, estão esquematizados modelos de transporte através de proteínas; na coluna II, o tipo de proteína, e, na coluna III, a descrição desse transporte. Estabeleça a correta associação entre as três colunas.
13
Assinale a que apresenta a associação correta.
a) 1 D IV / 2 C II / 3 A III / 4 B I.
b) 1 A II / 2 B III / 3 C I / 4 D IV.
c) 1 C IV / 2 B I / 3 A III / 4 D II.
d) 1 D IV / 2 A III / 3 C I / 4 B II.
e) 1 B I / 2 C III / 3 D II / 4 A IV.
14. (UEPA) O desenvolvimento de ferramentas tecnológicas avançadas, como a microscopia eletrônica, promoveu o incremento das pesquisas biológicas, possibilitando um estudo mais detalhado da superfície externa e interna da célula, como apresentado na figura a seguir:
14
Sobre a estrutura de número 4, na figura do texto acima, afirma-se que:
I. No transporte ativo, por difusão simples, muitas substâncias entram e saem da célula espontaneamente.
II. É capaz de englobar partículas líquidas pelo processo de pinocitose.
III. As moléculas de lipídios ficam imersas na camada fluida de proteínas.
IV. É uma estrutura lipoproteica, constituída principalmente de fosfolipídios e proteínas.
De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
a) I, II e III.
b) I, III e IV.
c) II, III e IV.
d) II e III.
e) II e IV.
15. (UEPB) Singer e Nicholson, em 1972, propuseram o modelo de estrutura da membrana plasmática aceito atualmente, denominado “modelo do mosaico fluido”. Observe o esquema representativo deste modelo e em seguida analise as proposições abaixo:
15
I. Em 1 estão indicadas moléculas proteicas fixas, que atuam como elementos estruturais, compondo o citoesqueleto.
II. Em 3 está representado um fosfolipídio, molécula que, apresenta uma cauda hidrofóbica e uma cabeça hidrofílica. A cauda é representada por um fosfato unido a um pequeno grupo polar e a cabeça por um lipídio – glicerol + ácido graxo.
III. Em 2 está representada a bicamada lipídica, que, devido à polaridade das moléculas que a constituem, forma sempre compartimentos fechados e, quando por qualquer motivo essas membranas são separadas, elas tendem a se unir novamente.
IV. Em 1 estão representadas as proteínas globulares, que podem exercer várias funções, como, por exemplo, transporte de certas substâncias através da bicamada lipídica; captam sinais químicos do meio extracelular e os transmitem para o meio intracelular; atuam como enzimas, catalisando reações específicas.
V. A permeabilidade seletiva da membrana plasmática é uma consequência das características estruturais e funcionais das camadas de fosfolipídios e das proteínas de transporte nelas imersas.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) proposição(ões):
a)II, III e V.
b)II, III, IV e V.
c)III, IV e V.
d)I e III.  e) II.
16. (UNCISAL) Osmorregulação é um processo fisiológico importante no controle da concentração osmótica do meio interno em relação ao meio externo. Assinale a alternativa correta.
a) Todos os invertebrados são osmorreguladores.
b) Rim é um órgão osmorregulador importante nos mamíferos.
c) Brânquias nos peixes não participam da osmorregulação.
d) Rato do deserto não bebe água e elimina urina diluída.
e) Peixes de água doce fazem sua osmorregulação bebendo água e urinando pouco.
17. (UERJ) No fígado, o transporte de glicose é realizado por difusão passiva mediada por proteínas transportadoras da membrana plasmática. Em um experimento, cuja base consistiu em cultivar células hepáticas em um meio adequado, foram seguidos os seguintes passos:
– adicionar ao meio de cultivo uma concentração de glicose suficiente para manter, já no primeiro minuto, seu transportador saturado;
– medir, a partir do primeiro minuto de incubação, a velocidade V do transporte de glicose para o interior dos hepatócitos;
– bloquear, após três minutos de incubação, o metabolismo da glicose já absorvida, por meio da adição de um inibidor da enzima glicoquinase.
Nos gráficos abaixo, os valores de V são medidos em função do tempo de incubação:
17
O resultado do experimento descrito está representado na curva do gráfico indicado por:
a) W.
b) X.
c) Y.
d) Z.
18. (UNESP) Devido à sua composição química – a membrana é formada por lipídios e proteínas – ela é permeável a muitas substâncias de natureza semelhante. Alguns íons também entram e saem da membrana com facilidade, devido ao seu tamanho. … No entanto, certas moléculas grandes precisam de uma ajudinha extra para entrar na célula. Essa ajudinha envolve uma espécie de porteiro, que examina o que está fora e o ajuda a entrar.
(Solange Soares de Camargo, in Biologia, Ensino Médio.1.ª série, volume 1, SEE/SP, 2009.)
No texto, e na ordem em que aparecem, a autora se refere:
a) ao modelo mosaico-fluído da membrana plasmática, à difusão e ao transporte ativo.
b) ao modelo mosaico-fluído da membrana plasmática, à osmose e ao transporte passivo.
c) à permeabilidade seletiva da membrana plasmática, ao transporte ativo e ao transporte passivo.
d) aos poros da membrana plasmática, à osmose e à difusão facilitada.
e) aos poros da membrana plasmática, à difusão e à permeabilidade seletiva da membrana.
19. (UEAP) Sabemos que o nosso corpo tem uma capa protetora que é a epiderme. A célula também tem a sua proteção que é a membrana plasmática que, além da função de proteção, controla a entrada ou saída de substâncias na célula. A figura abaixo representa o modelo da configuração molecular da referida membrana celular, segundo Singer e Nicholson. Acerca do modelo proposto, assinale a alternativa cuja informação é incorreta.
19
a) O algarismo 4 assinala uma molécula de proteína que faz parte do glicocálix.
b) O algarismo 1 assinala a extremidade polar (hidrófila) das moléculas lipídicas.
c) O algarismo 2 assinala a extremidade apolar (hidrófoba) das moléculas lipídicas.
d) O algarismo 3 assinala uma molécula de proteína.
e) O algarismo 5 assinala uma proteína extrínseca à estrutura da membrana.
20. (CEFET-MG) A concentração interna de NaCl nos glóbulos vermelhos situa-se em torno de 0,9%. Para ocorrer a hemólise, é necessário que a concentração do meio seja ______ a da célula, situação que provocará a passagem ______ do através da membrana, fenômeno denominado  ______. Os termos que completam, correta e respectivamente, as lacunas são:
a) menor que, soluto, osmose.
b) maior que, solvente, osmose.
c) menor que, solvente, osmose.
d) igual, solvente, difusão simples.
e) maior que, soluto, difusão simples.
21. (UFRR) As membranas biológicas são estruturas dinâmicas nas quais as proteínas nadam em um mar de lipídios. Sobre as membranas biológicas é incorreto afirmar:
a) Tanto as proteínas como os lipídios de membranas apresentam uma estrutura dinâmica.
b) São um elemento mediador da comunicação entre a célula e o seu meio externo.
c) Os componentes lipídicos formam a barreira de permeabilidade, e as proteínas agem como sistema de transporte, bombas, canais, receptores.
d) As proteínas, de acordo com sua localização na membrana plasmática, são classificadas em integrais e periféricas.
e) Formam parte da composição dos ribossomos, microtúbulos e grânulos de glicogênio nas células eucarióticas.
22. (UEFS) A respeito da ultraestrutura presente na parede celular ilustrada na figura abaixo, pode-se afirmar que:
22
a) o reforço de quitina garante a espessura e a resistência das paredes celulares da célula vegetal representada.
b) a presença dos plasmodesmos tem como função aumentar a aderência presente entre células
contíguas do tecido vegetal.
c) o retículo endoplasmático granuloso encontrado associado aos plasmodesmos favorece o transporte de substâncias que ocorrem entre os citoplasmas de células vizinhas.
d) a parede celular presente nos fungos é constituída por longas e resistentes microfibrilas de celulose que, junto com a lignina, reforça a estrutura esquelética da célula.
e) a estrutura primária da parede celular deve ser elástica o suficiente para permitir o crescimento e, ao mesmo tempo, fornecer toda a sustentação esquelética necessária para manter a célula vegetal.
23. (UNCISAL)Observe o modelo da membrana plasmática elaborado por Singer e Nicholson em 1972. Nesse modelo podem ser encontradas várias moléculas orgânicas, indicadas por I, II e III.
23
Dentre elas, pode-se afirmar que a estrutura apontada por
a) I representa a dupla camada de proteínas, onde estão inseridas moléculas de fosfolipídios.
b) II representa uma molécula de fosfolipídio que se movimenta entre as moléculas de proteínas.
c) III representa a molécula de glicoproteína que faz comunicação entre as moléculas de lipídio.
d) I representa a dupla camada de fosfolipídios que permite a mobilidade de certas moléculas de proteína.
e) II representa uma molécula de proteína que é ancorada em um único ponto específico da membrana plasmática.
24. (IFAL) Para conservar a carne comestível por mais tempo, os povos antigos salgavam-na. Esse é, ainda hoje, um dos métodos utilizados para a sua conservação. A carne demora a apodrecer porque:
a) suas células perdem água, pois o sal torna o meio hipertônico e, assim, não há proliferação de bactérias.
b) suas células ganham água, pois o sal torna o meio isotônico e, assim, não há proliferação de bactérias.
c) suas células ganham água, pois o sal torna o meio hipotônico e, assim, não há proliferação de bactérias.
d) suas células perdem água, pois o sal torna o meio hipotônico e, assim, não há proliferação de bactérias.
e) suas células ganham água, pois o sal torna o meio hipertônico e, assim, não há proliferação de bactérias.
25. (UEG) A difusão é o processo de troca entre a célula e o meio externo. Para ocorrer é necessário que aconteça o movimento de partículas do local onde elas estão mais concentradas para onde estão menos concentradas. Para isso, as partículas possuem uma determinada velocidade ao se transferirem de uma célula para outra. Sobre o processo de difusão e suas características, é correto afirmar:
a) Na célula, para ocorrer a difusão de moléculas de água, é necessário um gasto energético das membranas semipermeáveis.
b) O gás oxigênio penetra nas células por difusão porque sua concentração é maior fora delas do que dentro.
c) Através da membrana plasmática das células, há difusão de moléculas como proteínas e lipídeos.
d) A velocidade pela qual o gás oxigênio penetra nas células é a mesma em relação à sua saída.
26. (UFMT)Nas moneras aquáticas, a água, quando entra em seu organismo pelo processo osmótico, aumenta a pressão do citoplasma sobre a Membrana Plasmática, entretanto esta resiste mantendo o equilíbrio. Tal fato ocorre devido
a) à presença de Parede Celular junto à Membrana Plasmática.
b) às características físico-químicas das bactérias.
c) à ausência de Núcleo nesse grupo de seres vivos.
d) ao fenômeno de fissão binária.
e)à presença de pilosidade em todos os organismos monera.
27. (UEMS) Toda célula apresenta uma estrutura altamente organizada denominada membrana plasmática, cuja função, dentre outras, destaca-se o transporte de substâncias. Em relação a isso, assinale a alternativa que apresenta a afirmação correta.
a) O transporte através da membrana em que o fluxo maior de moléculas da região mais concentrada para a menos concentrada, a favor de um gradiente de concentração, com tendência ao equilíbrio, é característico da difusão.
b) O aumento do volume da célula vegetal, quando essa passa de uma solução hipertônica para hipotônica, é chamado de plasmólise.
c) A passagem de substâncias não lipossolúveis pela membrana celular com a ajuda de proteínas é denominada inclusão.
d) Uma “célula” animal, no caso uma hemácia, quando colocada em solução hipertônica, absorverá água e poderá estourar; este processo é o que chamamos de hemólise.
e) Na difusão facilitada, a passagem da água através da membrana permeável é otimizada pela saída de H+ com baixo consumo de ATP.
28. (UEL) Analise a figura abaixo.
28
(Adaptado de: ALBERTS, B. et al. Fundamentos da Biologia Celular. 2ª Ed. Porto Alegre: ARTMED. 2006.p. 391)
Com base na figura acima e nos seus conhecimentos sobre transporte através de membrana, considere as afirmativas abaixo.
I. As membranas celulares são constituídas por três camadas de moléculas lipídicas, com as cadeias polares (hidrofóbicas) colocadas no interior da membrana e as extremidades apolares (hidrofílicas) voltadas para as superfícies da membrana.
II. Quanto menor a molécula e quanto menores forem suas interações favoráveis com a água, ou seja, quanto menos polar ela for, mais rapidamente a molécula se difundirá através da bicamada lipídica.
III. Moléculas apolares pequenas, tais como oxigênio molecular (O2) e dióxido de carbono (CO2), prontamente se dissolvem nas bicamadas lipídicas e, dessa forma, rapidamente se difundem através delas. As células requerem essa permeabilidade aos gases para o processo de respiração celular.
IV. Moléculas apolares não carregadas também se difundem rapidamente através de uma bicamada, se são suficientemente pequenas. Por exemplo, a água e o etanol se difundem com dificuldade, ao passo que o glicerol e a glicose se difundem rapidamente, pois são importantes fontes de energia para as células.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
29. (UFCG) A membrana plasmática é o limitante entre o ambiente interno celular e o meio externo e participa efetivamente na seleção de elementos que entram e saem da célula com a finalidade de manutenção da homeostase. Escolha a afirmação incorreta:
a) A membrana plasmática apresenta permeabilidade seletiva, no entanto, se um aminoácido estiver ligado à molécula de água, poderá passar livremente através da mesma em função da passagem livre de água através de canais iônicos.
b) As partículas em constante movimento tendem a realizar uma trajetória partindo de uma área de maior concentração para outra com concentração inferior, processo denominado difusão simples.
c) A bomba de sódio e potássio presente na membrana plasmática direciona a saída do sódio citoplasmático e captura íon potássio do ambiente externo, encaminhando para o ambiente interno celular.
d) As proteínas transportadoras da membrana plasmática dependem da energia fornecida pelo ATP para realizar os movimentos de transporte ativo.
e) Na difusão facilitada, as permeases participam do transporte de substâncias através da membrana plasmática sem a necessidade de gasto de energia.
30. (PUC-RIO)Células de determinada linhagem foram colocadas em meios com diferentes concentrações osmóticas. As curvas identificadas pelas letras Z, J, Y e W se referem a cada um desses meios e representam o comportamento desse tipo de célula ao longo do tempo em cada um deles.
30
A partir das curvas desse gráfico, podemos concluir corretamente que:
a) Z é o mais hipertônico dos meios observados.
b) Y é um meio isotônico em relação à linhagem celular testada.
c) Y é um meio mais hipotônico do que Z.
d) W é um meio hipotônico em relação à linhagem celular testada.
e) J é um meio isotônico em relação à linhagem celular testada.

GABARITO

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
E VVVFV D A A B E D D B
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
E VVVVV D E C B A A A C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
E C D A B A A B A E

24 de ago de 2016

SLIDES

3 de ago de 2016

REVISÃO -ACIDOS NUCLEICOS

Exercícios Ácidos Nucléicos II

1)- (Prof. Adão Marcos)-O DNA tem duas propriedades fundamentais. Que propriedades são essas  e qual e sua importância biológica?
 2)- (Prof. Adão Marcos)-As espécies biológicas são bastantes estáveis, isto e não mudam muito de geração para outra geração. Essa estabilidade se deve a uma das propriedades da molécula de DNA. Que propriedade e essa?
3)- (Prof. Adão Marcos)-Por que a seqüência de bases de uma fita determina, obrigatoriamente, a seqüência da outra?
4)- A análise de um segmento de DNA, com 1500 nucleotídeos, verificou-se que 15% eram de Timina. Qual será a quantidade de guanina presente nesse segmento?
5)- (Prof. Adão Marcos)-  Num organismo um pesquisador verificou que uma molécula de DNA continha 24,38% de GUANINA. Com base nesta informação determine qual o percentual de cada uma das outras bases:
6)- (Prof. Adão Marcos)-  Num organismo um pesquisador verificou que uma molécula continha 30,38% de URACILA. Com base nesta informação determine qual o percentual de cada uma das outras bases:
7)- A análise de um segmento de DNA, com 2500 nucleotídeos, verificou-se que 10% eram de Citosina. Qual será a quantidade de guanina presente nesse segmento?
08)-O DNA produz molécula iguais a si próprio. Como será a explicação desta constatação, sabendo também que o DNA, quando isolado da célula e purificado, e incapaz de realizar a sua duplicação?
09)- Por que a duplicação do DNA e chamada semiconservativa?
10)- Suponha que uma molécula de DNA seja constituída de 1600 nucleotídeos, destes 15%, são de citosina. Qual a quantidade de nucleotídeos presente nessa moléculas?
11)-Explique como ocorre a duplicação da molécula do DNA.
12)-Quais são as bases nitrogenadas presente no RNA e DNA?
13)- Suponha que uma molécula de DNA seja constituída de 2500 nucleotídeos, destes 35%, são de QUANINA. Qual a quantidade de nucleotídeos presente nessa moléculas?
14)- Suponha que uma molécula de RNA seja constituída de 1400 nucleotídeos, destes 13%, são de QUANINA. Qual a quantidade de nucleotídeos presente nessa moléculas?
15)- Complete e determine o tipo de ácidos nucléicos:
ORG.
T
A
U
G
C
A
13,99%




B


24,45%


C


38,9%


D
46,5%




E
35,90%




F


13,13%


G
15,13%





16. .(Prof. Adão Marcos)-  Num organismo um pesquisador verificou que uma molécula de DNA continha 22,38% de GUANINA. Com base nesta informação determine qual o percentual de cada uma das outras bases.
07. Cite as principais diferenças entre RNA e DNA quanto à estrutura de nucleotídeos?
08. Numa molécula de DNA, a quantidade de...
a) adenina mais timina é igual à de citosina mais guanina.
b) citosina mais uracila é igual à de timina mais adenina.
c) uracila mais adenina é igual à de citosina mais guanina.
d) guanina mais timina é igual à de citosina mais uracila.
e) adenina mais citosina é igual à de guanina mais timina.
17)- (Prof. Adão Marcos)-   Coloque F ou V

(   ) É formada por duas fileiras de nucleotídeos torcidas juntas em forma de hélice.
(    ) Em sua composição é possível encontrar quatro bases nitrogenadas diferentes: a adenina, a citosina, o aminoácido e a proteína.
(    )  Ela tem a capacidade de se autoduplicar.
(    ) Nela está contida a informação genética necessária para a formação de um organismo.
(    ) A mensagem nela contida pode ser transcrita para uma outra molécula denominada RNA.
(    ) Nos organismos procariontes, ela fica estocada dentro do núcleo das células.
(    ) Em alguns organismos primitivos, ela apresenta apenas uma fileira de nucleotídeos.
18. Escreva a seqüência de bases da fita complementar do DNA dupla fita que apresenta uma fita com a seqüência:  ATGCCGTATGCATTGCATTC.

19- (Prof. Adão Marcos)-  Num organismo um pesquisador verificou que uma molécula de DNA continha 20,38% de GUANINA. Com base nesta informação determine qual o percentual de cada uma das outras bases:

Follow by Email

Total de visualizações de página

 
Desenvolvido por Othon Fagundes